GEM – Grupo de Estudos Mediúnicos Sarah Santoro

Segundo Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, no seu Pequeno Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa, desenvolver significa: tirar invólucro, expor minuciosamente, progredir, alargar, instruir-se. E desenvolvimento é o ato ou efeito de desenvolver.

Desenvolvimento Mediúnico é o ato de fazer crescer, progredir, expor a faculdade que permite aos homens comunicar-se com os Espíritos.

Se falarmos somente em desenvolvimento mediúnico e não em “criar” mediunidade ou médiuns, é certamente porque esta faculdade não se cria numa determinada pessoa que não a possua. A mediunidade é uma faculdade tão natural no homem quanto qualquer outro dos cinco sentidos habituais (visão, audição, olfato, tato e paladar).

Nos primórdios do Espiritismo, a maioria dos estudiosos tratou  a  mediunidade  mais como  uma faculdade  orgânica,  de  tal forma que se destacaram o fenômeno e alguns médiuns, em especial, que foram dirigidos e tratados com certa exclusividade.  Já, com a generalização dos conhecimentos doutrinários e o advento das Escolas de Aprendizes do Evangelho, essa  faculdade  pôde ser entendida como sendo comum a todos, em graus e categorias diversas, e sendo possível o seu desenvolvimento, através do autoaprimoramento ou reforma intima. Acima de tudo, uma faculdade a ser colocada a serviço do Bem e do próximo, como Jesus a exerceu e transmitiu seus valores para seus discípulos.

Sarah Santoro

Filha de Geraldo Del Santoro e Carolina Santoro, Sarah Santoro dedicou a maior parte de sua vida à educação. Iniciou como professora de história e geografia, ainda na Bahia, na década de 60. Ao retornar ao Rio de Janeiro, em meados da década de 70, formou-se como mestre em filosofia e dedicou-se alguns anos como professora universitária. Ainda jovem, interessou-se pela Doutrina Espírita, muito provavelmente pela literatura e convívio com seu pai, Geraldo Del Santoro. Médium estudioso da doutrina espírita, alfaiate de roupas eclesiásticas, era figura bem próxima, na época, do alto clero da igreja católica do Rio de Janeiro, já que sua alfaiataria, a Casa Cardeal Leme, se mantinha como referência na confecção das roupas eclesiásticas não somente para bispos e padres, mas para o próprio Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra – o Cardeal Leme, segundo cardeal brasileiro – que dava nome a sua alfaiataria. Cardeal Leme foi Arcebispo de Olinda e Recife e Arcebispo do Rio de Janeiro. Por sua incessante e ávida busca pelo auto-aprimoramento, conhecimento e percepção inata de sua espiritualidade e mediunidade, Sarah foi convidada a frequentar um centro espírita próximo a casa por sua grande amiga Léa, e logo veio a se interessar e aprofundar ainda mais seus estudos. Por luta incessante e interesse aprofundado em servir a causa espiritual, foi eleita presidente do Centro Espírita Nair Montez de Castro e por vários anos atuou, como presidente daquela instituição. A sua própria busca e estudos aprofundados sobre mediunidade, aliada a características pessoais e amparo espiritual, também a fez atuar como dirigente dos grupos de educação mediúnica e palestrante habitual em reuniões públicas e na rádio espírita. O Grupo de Estudos Mediúnicos Sarah Santoro da Casa de Padre Pio – GEM,  leva o nome de Sarah por indicação do plano espiritual, pelo mérito de seu espírito pelo intenso trabalho de amor em vida, adquirido pela longa e tenaz luta por sua reforma íntima, com amor, apesar de todas as limitações e provas terenas por que passou. A decisão de nomear o grupo Sarah Santoro, veio a pedido de Padre Pio e agora, Sarah atua como uma das responsáveis pelo grupo de desenvolvimento mediúnico da Casa.

“O processo da educação mediúnica requer trabalho, estudo aprofundado, perseverança sem esmorecimento em plena confiança, confiança essa não somente conduzida pela certeza na própria capacidade, mas também pela confiança no planejamento espiritual para a nossa vida, que continua além da vida” – Sarah Santoro.

O Grupo de Estudos Mediúnicos da Casa de Padre Pio acontece às terças-feiras e não é aberto ao público.

Para mais informações procure pessoalmente o Atendimento Fraterno.

GEM – Grupo de Estudos Mediúnicos Sarah Santoro