Grupo de Estudos do Bhagavad-Gita

Para a Alma nunca há nascimento nem morte. Nem, uma vez que exista, ela vai deixar de existir. Ela é não nascida, eterna, sempre existente, imortal e primordial. Ela não morre quando o corpo morre. – “O Bhagavad-guita como Ele É” – Cap. II, 20, de A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada.

Bhagavad-Gita é uma Sublime Canção que ecoa até nós, vinda da antiga Índia há mais de quatro mil anos antes de Cristo. Acessar o Bhagavad-gita é ouvir a Canção de Krishna e, como Arjuna, se prostrar aos pés do Divino Mestre e ser preenchido pela sabedoria e plenitude da vida.

Bhagavad-gita – a Canção Divina, ou a Voz de Deus – é o diálogo em poesia entre o homem (Arjuna) e Deus (Krishna), no meio de um campo de batalha, como se Ele estivesse pessoalmente nos ensinando o passo-a-passo para a reintegração com nossa Origem Divina.

Seus 700 versos nos mostram como interpretarmos espiritualmente os fatos aparentemente materiais do nosso dia-a-dia. Deste modo, o estudo do Bhagavad-Gita resulta em aplicações práticas, plenamente integradas à nossa realidade terrena, com o propósito de nos reintegrar com a Unicidade Divina.

O Bhagavad-Guita, escrito em sânscrito, foi acrescentado ao épico Mahabharata, que narra a guerra entre os Pandavas e Karauvas, membros de uma mesma família, pela posse do reino no norte da Índia. Os momentos que antecedem ao confronto final, conhecido como Batalhas de Kurukshetra compõem o Baghavad-Gita.

O Grupo de Estudos do Bhagavad-Guita é aberto ao público e se reúne às quartas feiras das 19h30min às 21h.

Mais informações na  Grade de Atividades.

Grupo de Estudos do Bhagavad-Gita